Cone de sinalização

Cone de sinalização Cones de sinalizaçãoComprar cones de sinalização
Estas imagens foram obtidas de bancos de imagens públicas e disponível livremente na internet

CONE DE SINALIZAÇÃO: IMPORTÂNCIA E VANTAGENS DE USO

A sinalização implica no conjunto de símbolos, indicações e cores a fim de criar uma mensagem interpretativa e indicativa, sendo sua principal função orientar, proibir, direcionar e indicar a uma ação, local ou equipamento, para isso existem diversos itens de sinalizadores. As sinalizações são essenciais, pois promovem a condução das pessoas em um determinado desconhecido ou na presença de uma situação emergencial.

As sinalizações são obrigatórias para qualquer local, sendo necessário equipamentos acompanhados de sinalizadores, porém existe uma exceção que são os locais constituídos por uma única família, não sendo obrigatória a presença de sinalização, para os demais locais é obrigatório.

A indicação de segurança são obrigatórias para todas as edificações onde há circulação de pessoas e veículos, pois são essenciais para promover a segurança correta de determinado local. Veja abaixo algumas vantagens que os métodos de sinalização oferece ao imóvel:

  • Função de indicar equipamentos e itens de segurança;
  • Orientar sobre percursos como rotas de fuga e saídas de emergência;
  • Sinalizar locais específicos, como bebedouros e banheiros;
  • Proibição de acessos para locais ou equipamentos;
  • Demarcação de determinadas áreas.

Os itens sinalizadores de segurança são indispensáveis para o funcionamento e circulação em um estabelecimento, são itens de extrema importância e sua utilização é obrigatória, pois trata-se de um método para segurança de determinado local e devido a isso existem diversas exigências para formas de uso, fabricação e instalação que são impostas a fim de padronizar corretamente esses itens.

NORMATIVA PARA SINALIZAÇÃO

As obrigatoriedades para as placas de indicação de segurança e de emergência são estabelecidas pela NBR 13.434/2004 e NBR 3434/2005. É necessário considerar as especificações desde o processo de fabricação até a compra e instalação, pois para cada sinalizador existe exigências específicas e particularidades a serem cumpridas. Veja abaixo alguns pontos:

  • Equipamentos, saída de emergência, portas, escadas, devem ser sinalizados;
  • A instalação da placa deve ser feita com altura superior a 1,80 cm e em local visível;
  • Se houver equipamento instalado em pilares, todas as faces devem ser sinalizadas;
  • As rotas de fuga devem ser devidamente sinalizadas com espaçamento de até 3m;
  • As placas não podem ser obstruídas por nenhum objeto ou equipamento, devem estar sempre visíveis.

Os sinalizadores de emergência é uma das principais sinalizações de um local, assim como o cone de sinalização, pois tem como função prevenir e orientar para que as pessoas se sintam mais seguras mediante a uma situação de risco. Mas é preciso ter acompanhamento de um profissional para que as exigências sejam levantadas e aplicadas na prática.

Além disso, existe também a NBR 15071 que especifica também formas de uso e exigências para a utilização de cone de sinalização e a segurança no tráfego para diversos segmentos, não somente nas vias públicas.

QUAIS OS PROCEDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO DA SINALIZAÇÃO?

A primeira etapa é a aprovação do projeto de combate ao incêndio com o Corpo de Bombeiros. Nesse documento deve conter todos os equipamentos e áreas do local, essas especificações devem ser feitas por um profissional que vai levantar todas as exigências necessárias. Mediante essas definições será avaliada quais sinalizações serão necessárias.

O projeto elaborado deverá ser apresentado ao Corpo de Bombeiros e se aprovado deverá ser executado e assim que os itens de incêndio forem instalados, as placas indicadoras deverá acompanhar tais itens e áreas que possuem obrigatoriedade de sinalização, por isso, da importância de um técnico que vai fazer todo o mapeamento e verificar quais as particularidades da edificação ou local

QUAIS AS FUNÇÕES DAS SINALIZAÇÕES?

Os itens de sinalizadores são responsáveis de para oferecer maior segurança e indicarem equipamentos, locais, e ações, além de serem úteis para estabelecer algumas regras, como a proibição na intenção de restringir alguns acessos ou ações em determinados locais, como o exemplo das placas de proibição de fumo.

São eficientes também para auxiliar na circulação das pessoas em ambientes desconhecidos e de grande extensão, sendo necessária a instalação de quantidades maiores de placas. Além do cone de sinalização que são responsáveis pela demarcação de áreas de grandes locais, seja externos ou internos como vias públicas e grandes fábricas.

TIPOS DE SINALIZADORES

Existem diversas formas de sinalizar um ambiente, seja por placas, adesivos ou cone de sinalização. Essas indicações são fundamentais para a segurança do local. Veja abaixo alguns tipos de sinalizadores que são fundamentais:

  • Placas de sinalização de trânsito;
  • Placas de sinalização de emergência;
  • Adesivos com indicações e proibições;
  • cone de sinalização;
  • fitas adesivas para restrição de acesso.

Existem variadas formas de sinalizar um ambiente além do cone de sinalização e para cada forma existem particularidades específicas e uma função diferenciada de indicação, por isso, cada local terá sinalizadores com diferentes objetivos e formas de indicação e para saber quais as exigências normativas é preciso consultar a norma que é específica para cada um deles.

ESPECIFICAÇÕES PARA CADA SINALIZADOR

São variados os tipos de sinalizadores que podem ser utilizados, além do cone de sinalização, por isso, veja abaixo algumas especificações e funções desses itens de segurança.

1- PLACAS SINALIZADORAS

Tem como função indicar, orientar e proibir ações, são muito usadas para identificar itens de incêndio, como hidrantes, saídas de emergência, extintores, alarmes, entre outros. São muito importante e a falta de sinalização pode implicar na reprovação da vistoria com o Corpo de Bombeiros .

Sinalização Básica

Possui uma mensagem breve e esclarecedora de forma simples a fim de indicar determinado equipamento ou ação. É composta por um efeito fotoluminescente que possibilita que seja visualizada na falta de iluminação comum.

Sinalização complementar

Ocorre quando a sinalização básica é composta por cores e símbolos que possibilita a mensagem de forma mais completa. As cores tem função fundamental de fortalecer a indicação, por exemplo a cor vermelha indica riscos e proibições, as amarelas indicam advertência ou atenção, verdes tem função de indicação de ação ou locais.

As cores fortalecem ainda mais a mensagem principal, pois chamam a atenção e os símbolos também permitem uma leitura rápida que contribuem para uma identificação mais rápida da mensagem principal, ou seja, da sinalização básica.

2- PLACAS DE TRÂNSITO

São responsáveis, pela circulação e segurança do trânsito, os parâmetros para essa categoria estão descritas no Código de Trânsito Brasileiro que estipula algumas exigências para o uso e instalação das placas de sinalização de trânsito.

Nessa categoria existe também o cone de sinalização que tem como função demarcar determinado local e é um item eficiente para limitar áreas.

3- PLACAS DE REGULAMENTAÇÃO

T

em como objetivo Indicar obrigações, limitações, proibições que são determinadas pelo Código de trânsito Brasileiro e é fundamental o cumprimento dessas imposições, pois caso não seja cumprido pode ser considerado com uma infração e gerar consequências prejudiciais com o pagamento de multas ou acidentes.

4- PLACAS DE OBRAS

Tem como objetivo sinalizar possíveis obras nas localidades próximas . A sua cor costuma ser o laranja e é composta por símbolos na cor preta, geralmente tem um formato retangular ou quadrado.

5- Placas de advertência

Objetivo de informar um alerta ou possíveis perigos nas vias, podendo indicar curvas, cruzamentos, perigo. Possuem formato quadrado na cor amarela e com símbolos na cor preta.

6- Placas de indicação

Tem como finalidade indicar ou orientar a qual lugar seguir. São caracterizadas pela cor azul ou verde e na maioria das vezes são composta por símbolos e mensagens como setas, locais e quilometragem.

7- Placas educativas

Possuem cor branca com símbolos na cor preta e um formato retangular e seu principal objetivo é conduzir pedestres e motoristas a comportamento conscientes no trânsito a fim de evitar acidentes.

8- Placas turísticas

São placas com fins turísticos, a fim de informar atrações, apontando também a quilometragem e locais para facilitar o acesso. São caracterizadas pela cor marrom com letras na cor branca.

9- Placas auxiliares

Possuem cor azul e branca em um formato retangular, costumam indicar locais como hospitais e restaurantes apenas com a utilização de símbolos e cores sem a presença de letras.

Existem inúmeras outras sinalizações que podem ser aplicadas nos locais como as de limpeza que servem para indicar locais que estão passando por algum procedimento de higiene e que também pode apresentar algum tipo de risco, além das placas em braile que tem como princípio oferecer maior acessibilidade ao local e são exigidas pela NBR 9050 para escadas, elevadores, rampas e diversas outras áreas que devem possuir essa sinalização específica.

QUAIS LOCAIS MAIS INDICADOS PARA AS PLACAS ?

A norma de sinalização implica em alguns locais que imprescindíveis para uso e instalação das sinalizações como elevadores, escadas, rampas, locais de risco como quadros elétricos e também locais de riscos que podem ser feita a sinalização através do cone de sinalização que indica perigo antes mesmo que as pessoas tenham acesso ao local. Os vidros também devem possuir sinalização, pois devido sua transparência, pode ocasionar em acidentes.

QUAL A FUNÇÃO DO CONE DE SINALIZAÇÃO?

É considerado um item resistente a fim de demarcar determinada área que apresente risco, perigo ou alguma obra em operação antes mesmo que as pessoas tenham acesso ao local. O cone de sinalização é caracterizado por cores chamativas como o laranja e amarelo que são acompanhadas da cor branca e preta, o que faz facilitar a visualização destes dispositivos mesmo quando há pouca iluminação.

Sua composição é feita por materiais de qualidade e alta resistência, pois são itens que ficam expostos a altas temperaturas e chuvas devido ser na maioria das vezes ser utilizado em ambientes externos. Para que não perca sua qualidade devido a esses fatores a qual é submetido, por isso, é fabricado com materiais resistentes

ONDE SÃO UTILIZADOS?

São utilizados em vias públicas para demarcações de obras, acidentes, operações policiais, com intuito de demarcar e limitar determinada área que está com alguma intervenção de risco.

QUAIS MODELOS DE CONE DE SINALIZAÇÃO?

Existem dois tipos de modelos de cone os rígidos e os flexíveis, porém ambos são feitos de materiais resistentes e possuem cores em destaque como o laranja, amarelo, branco e preto. Também são encontrados em variados tamanhos e possui um formato padrão.

O cone de sinalização é um material muito utilizado em construções, em fábricas, empresas, estacionamentos, obras em vias públicas e também pode ser vistos em empresas em menor tamanho para restringir uma área como piso molhado ou algum buraco exposto.

Pode ser acompanhado também por sinais piscantes e fitas sinalizadoras que potencializam sua função de restrição e possibilitam maior visibilidades, especialmente quando há pouca iluminação.

Como o cone de sinalização é um material leve e que pode ser atingido por ventanias fazendo com que saiam do lugar, podem ser preenchidos com areia para que fiquem com um peso maior impedindo sua movimentação.

Onde encontrar

O cone de sinalização é facilmente encontrados em lojas de materiais para construções em diversas localidades, além de ser fornecidos por empresas e fabricantes no segmento da segurança.

É possível encontrar variedade de preço, modelo e tamanho também na internet, o portal do Soluções Industriais, oferece diversos fornecedores que oferecem produtos de segurança com qualidade. Além disso, é um canal que oferece fácil e rápida cotação oferecendo a melhor oportunidade de compra.

O cone de sinalização é considerado uma linguagem universal, podendo ser reconhecido em qualquer lugar como um item de alerta e restrição para diversos fins, não somente empresarial, mas para uso pessoal.

Além do uso nas empresas e vias públicas, é um item que pode ser adquirido com o objetivo de uso pessoal, como buracos nas calçadas que podem ser sinalizados pelos próprios moradores ou ser transportado no carro e em situações de emergência como falhas no mecanismo do automóvel, nesse caso, o cone de sinalização pode demarcar a via para indicar o local em que o carro está parado para evitar acidentes.

Todo item de sinalização é importante para qualquer edificação, pois assim como o cone de sinalização, todos os demais como placas, fitas, adesivos de sinalização, tem como função estabelecer a segurança do local e são essenciais para prevenir acidentes e situações de risco. O cone de sinalização é um item muito importante de segurança e que não necessariamente pode ser usado para fins profissionais ou industriais, mas que é um importante item também para uso pessoal.


produtos e serviços relacionados

  • Cone para sinalização de trânsito

    Cone para sinalização de trânsito

    O cone para sinalização de trânsito é utilizado para a orientação do tráfego de diversos locais. É um item versátil, uma vez que pode ser solicitado em variados tamanhos, cores e m...

Regiões onde a Sinalização de Trânsito atende Cone de sinalização:

  • Selecione a região do Brasil

Regiões onde a Sinalização de Trânsito atende Cone de sinalização:

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe